Skip to content
03/08/2007 / Thiago

Brasil Pode Votar pelo OOXML

Banner Contra OOXML

É com esse banner que começo a escrever hoje! Não costumo relatar notícias por aqui, porém, essa de hoje realmente me deixou indignado! Irei explicar o motivo de minha revolta.

A ISO (International Organization for Standarization) há um tempo atrás havia adotado o padrão ODF (Open Document Format) como padrão de documentos de escritório. Pois então, a Microsoft, não sendo boba e percebendo o mercado que estava em perigo, logo iniciou a criação do padrão OOXML (Office Open XML), supostamente aberto. Desenvolvedores que analisaram ambos os formatos afirmam que o OOXML é extremamente complexo e incompleto, pois ele não especifica a implementação de diversas funções, que é claro, ficarão a cargo apenas da suíte de escritório da Microsoft implementar. Ou seja, apesar do padrão aberto, um documento criado em OOXML em uma aplicação necessariamente não será aberto em outra aplicação com suporte ao formato. Vamos a um exemplo prático, vejam a função do código OOXML abaixo.

lineWrapLikeWord6 – Emulate Word 6.0 Line Wrapping for East Asian Text

Agora, como posso emular esse comportamento do Word 6.0? A especificação do OOXML não diz. Ou seja, é um padrão cheio de buracos! Outros buracos podem ser vistos aqui.

E o que isso tudo haver, já que a OSI já adotou o ODF como padrão? Bem, a Microsoft realizou um pedido para que incluísse o seu formato também como padrão de documentos, permitindo que ela force seu padrão em governos e empresas.

Porém, para que o padrão seja aceito, é necessário que as instituições de padronização de diversos países façam seus votos. No Brasil somos representados pela ABNT. Sendo assim, há alguns meses tem ocorrido diversas reuniões de empresas com o propósito de discutir o melhor padrão, e que qual deles será levado para votação na ISO. Para participar, basta que alguém, representando uma empresa, seja ela pública ou particular, compareça pelo menos 30% das reuniões, sendo que existem apenas mais duas reuniões, uma dia 9 de agosto, no Rio de Janeiro, e outra dia 23 de agosto, provavelmente em Brasília. (EDITADO: O novo local da reunião será no Rio de Janeiro também, após uma controversa escolha realizada.)

No entanto, segundo boatos, a Microsoft tem financiado a ída as reuniões de diversas empresas filiadas, de maneira que hoje o OOXML possui, de acordo com recentes sondagens, dois terços dos votos. Isso faria que o Brasil, assim como outros países (EUA, Portugal, Dinamarca), vote a favor do OOXML na ISO.

O que podemos fazer? Até o dia 7 de agosto é possível se inscrever para participar das reuniões, basta realizar os seguintes passos:

  • Enviar e-mail para milena.pires (a) abnt org br solicitando inscrição no Comitê (Subcomité Espelho da ISO/IEC CB-21/SC-34).
  • Obter um ofício da empresa a quel irá representar indicando que é o representante para assuntos do comitê, e apresentá-lo nas reuniões.
  • Comparecer as duas próximas reuniões.

E por que eu não participo? Onde trabalho já estou sendo muito bem representado, e infelizmente, minha presença não irá influenciar em nada mais. O máximo que posso fazer, e faço, é utilizar o banner que ilustra esse post.

Informações sobre como andam as reuniões podem ser obtidas nesse sítio web de defesa do ODF.

Bem, é isso, espero que quem ler isso faça o máximo possível antes do dia 7 de agosto para participar das próximas reuniões.

Abraços e sorte ao Brasil!🙂

11 Comentários

Deixe um comentário
  1. Diego Henrique / ago 3 2007 14:28

    Eu espero que nós consigamos vencer esta batalha pelo ODF, porque batalhar com uma empresa que tem o poder e recursos que a Microsoft tem é dificil.

  2. ThigU / ago 3 2007 19:34

    Concordo com você Diego, não temos nenhuma organização financiadora apoiando diretamente o ODF aqui no Brasil. Em minha opinião, o Governo como interessado no processo, deve se organizar de maneira a enviar o maior número de entidades públicas para as reuniões, já que sua diretriz de governo é o Software Livre.

  3. Henrique-jdn-ce-br / ago 6 2007 12:22

    Pessoal ate quando isso vai continuar, sera que este pessoal que votam a favor do OOXML não pensam em outra coisa se não em dinheiro ??
    Imaginem o mundo daqui ha cinco ou dez usando um padrão que se diz aberto mais, que depois de um certo tempo você, terar que adquirir um software proprietário só, por que sua planilha não abre mais, no software adquirido no ano anterir……
    Vamos promover a liberdade no mundo digital…………

  4. DrK / ago 6 2007 13:16

    Espero que o ODF seja eleito como padrão.

    O ooxml é uma colcha de retalhos cheia de partes proprietárias.

    []’s

  5. Bruno Emanuel / ago 7 2007 22:52

    Acho isso uma completa avacalhação e desrepeito para com o trabalho do ODF

  6. anon-imus / ago 13 2007 9:21

    É ridículo ver como se comportam as pessoas que não conhecem os padrões… nem o OOXML nem o ODF. Ambos tem falhas, o ODF é absurdamente mais restritivo (restringe a quantidade de coisas que podem ser feitas, por ter menos recursos).

    Quanto aos pontos em que o OOXML deixa aberto, sugiro a leitura do padrão ANSI sobre a linguagem C ou a ISO que trata do C++. Ambas tem pontos que ficam a cargo da implementação, e nem por isso as linguagens deixam de ser livres.

    Esse barulho todo é a parte da comunidade linux que é mais xiita e radical e não enxerga um palmo na frente do nariz empinado… acordem. Nem IBM, nem Sun nem Novell estão lá preocupadas com comunidade nem nada do tipo… querem mesmo é dinheiro, da mesma forma que a MS. O jogo deles, na minha opinião, é mais sujo por dois motivos: 1- sabem que o OOXML é melhor do ponto de vista técnico, mas incentivam a massa de usuários linux que não pensa (não são todos, claro) a achar que essa disputa é algo como a disputa entre o bem e o mal. 2- vocês sabem qual suíte de escritório que é instalada nos notebooks dos funcionários da IBM no Brasil? Office amigos…

    Eu como usuário Linux desde 2000, me revolto com isso e com a comunidade. Parem de acreditar em tudo que leem… peguem os documentos, leiam e tirem as conclusoes por si só.

  7. ThigU / ago 13 2007 14:48

    anon-imus,

    Valeu pela opinião! Não há problema em se identificar pois não irei menosprezar qualquer tipo de opinião que surja por aqui.

    A linguagem C realmente possui trechos em seu código que não são especificadas no padrão, o que, nesse caso, pode ser considerada tanto como uma vantagem (inclusão de novos recursos?) como uma desvantagem (código-fonte incompatível para dois compiladores).

    Porém, espaços não implementados em documentos de uma suíte de escritório pode causar problemas que não justifiquem as vantagens. Microsoft Office cria um recurso muito legal que não havia no OOXML e o que acontece? Nada para quem usa apenas MS Office, mas tente abrir o arquivo no BrOffice? O que ele irá fazer? provavelmente o que acontece com o DOC ou XLS atualmente: engenharia reversa. E qual o resultado? Quase sempre insatisfatório.

    Investir em um padrão que não é um padrão para qualquer suíte de escritório não irá mudar em nada a situação de hoje, onde formatos binários do MS Office dominam.

    Padrão é para ser respeitado como tal, de maneira que haja interoperatividade entre aplicativos, e o cara possa criar arquivos MS Office do Windows e mandar para o companheiro com BrOffice com Linux. Isso é liberdade! Liberdade para escolher entre a solução proprietária da Microsoft e a suíte aberta do OpenOffice. Para que criar um novo padrão se já existe um? Por que não juntar esforços na melhoria do bem comum?

    Concordo contigo também que não sou nenhum programador ou expert para realizar uma análise técnica profunda sobre os formatos, porém, de acordo com análises técnicas e comparativos realizados por outros, é quase sempre unânime a superioridade do padrão ODF com relação ao OOXML.

    Concordo contigo que as grandes empresas não são nenhum reduto de santos, pois apesar de tudo, objetivam lucro (há controvérsias), e para tanto, precisam estar de acordo com o mercado, que hoje pode estar começando a tender ao Software Livre. Quem saberá o amanhã?

    Eu escrevi esse relato de acordo com conversa com as pessoas que estão envolvidas diretamente com o processo de decisão da ABNT, sendo assim, eu não “ouvi falar”.

    Até mais!🙂

  8. anon-imus / ago 13 2007 17:09

    Olá,

    é justamente pelo fato dele não ser “só mais um formato binário com nome diferente que irá dominar o mundo” que eu acredito que ele seja ideal.

    De um modo simplista, podemos resumir a discussão no seguinte: o ODF é aberto, padrão, mas simples. Continuar nele, e somente nele, levaria à uma certa “estagnação” (sei que não é bem isso, mas não encontrei uma palavra mais adequada) nessa área. O OOXML também é aberto, também é padrão (via ECMA, mas é padrão em algum lugar já…). A diferença está no fato dele ser mais completo e, ainda por cima, deixar certa margem para implementações de terceiros. O HTML é assim, e faz página inacessível (com Flash e ActiveX, por exemplo) quem quer… quem pensa no outro lado, no usuário, no cliente… isso também passa a ser um diferencial. O que não faz sentido, no meu caso, é barrar que um padrão seja aprovado (note que isso não implica também em não usar ODF, muito pelo contrário) unicamente por ideologia e medo da Microsoft e seu capitalismo (que, como comentamos, todas as empresas, pro-ooxml ou pro-odf, possuem).

    Já ouviu falar num protocolo chamado SMTP e como hoje ele é criticado em termos de segurança? Quando foi inventado ele era ótimo. Hoje, é a razão da tonelada de spam que recebemos todos os dias.

    Além disso, os padrões são interoperáveis (tem conversor de ooxml -> odf e vice-versa, open source e proprietário), e no caso do usuário comum, que só usa as funções básicas do Word, BrOffice Writer, Excel e Calc, os padrões não fazem diferença alguma… não posso dizer com certeza porque essa é uma parte do padrão que eu ainda não estudei, mas o OOXML permite mais recursos de formatação básica. Ponto pro usuário, e bom trabalho pro pessoal do BrOffice pra implementar isso… é legal e aberto. Por falar em recursos básicos, esse é um dos argumentos usados para usuários adotarem o BrOffice… quem usa só o básico do básico, não tem porque pagar pelo Office completo. É até meio contraditório…

    Em tempo: não me identifico porque tenho minhas razões. Já fui criticado demais na comunidade por ser usuário, programador e colaborador linux e ao mesmo tempo acreditar que o OOXML seja um padrão viável de ser seguido.

    Abraços

  9. ThigU / ago 13 2007 21:57

    anon-imus,

    Não me importo se não quiser se identificar, afinal, o que interessa é a discussão proveitosa. Imagino que a retaliação da comunidade sobre os pró-OOXML deve ser acirrada.

    Concordo contigo que criar um padrão simples “até demais” pode causar problemas futuros (vide o SMTP, como disse), porém, eu friso o seguinte: se ele é aberto, por que não a Microsoft coopera para seu desenvolvimento ao invés de “reinventar a roda” em um padrão ainda não maduro?

    Estou acompanhando por fora e equipe técnica de análise do padrão OOXML e percebi que ele possui muitos itens não declarados ou mal explicados, o que pode dificultar a implementação do padrão. Se ele vier mesmo a ser um padrão, ele terá que passar por uma boa adaptação para se tornar viável.

    Até hoje existe apenas um plugin para o MS Office trabalhar OOXML, porém, utilizando uma implementação diferente daquela que está sendo estudada.

    Uso de conversores por usuários finais eu não acho nada prático, afinal, se as pessoas não fossem adeptas da praticidade, sistemas operacionais como o Windows 9x não teriam se alastrado por aí.

    Até mais!🙂

  10. ThigU / ago 26 2007 23:40

    Atualizando isso aqui, o Brasil votou pelo NÃO COM COMENTÁRIOS no fórum aberto pela ABNT. Esse voto representa muito na ISO pois o Brasil, como outros grandes países, é membro principal do grupo, tendo peso em questões de interesse internacional, como esse.

    Maiores informações no endereço abaixo:
    http://br-linux.org/linux/abnt-diz-nao-ao-ooxml

Trackbacks

  1. Não ao OOXML « Pih is All

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: