Skip to content
25/07/2007 / Thiago

PortMapper

Olá pessoal! Estava escrevendo a próxima publicação da seqüência de aulas LPIC-2 e toquei em um ponto interessante: PortMapper. Muita gente não sabe do que se trata, então venho neste informá-los um pouco mais sobre isso!🙂

O PortMapper é um serviço, ou daemon, que tem o propósito de mapear todas as aplicações de rede que fazem uso de RPCs em um ponto central, de maneira que qualquer requisição RPC pode ser transformada de um protocolo ou programa para um número de porta. Foi desenvolvido com o intuito de minimizar o número de portas em uso. Porém, ele nunca foi largamente utilizado pelas aplicações.

Quando um serviço que faz uso de RPCs for iniciado, ele irá informar ao PortMapper qual porta está escutando e que protocolos está preparado para interpretar. Sendo assim, quando um cliente for realizar uma requisição RPC a um servidor, primeiramente ele deve ir ao PortMapper para que ele lhe informe a qual porta deve enviar os dados.

Seu desenvolvimento teve início junto ao NFS da Sun Microsystems e apareceu pela primeira vez implementado no BSD 4.3.

Para um exemplo prático do funcionamento do PortMapper, primeiramente precisamos iniciar o serviço portmap (ou rpc.portmap). Depois disso, vamos utilizar a ferramenta rpcinfo.

O rpcinfo nos informa sobre todos os serviços que estão cadastrados nele. Vamos apenas verificar os serviços cadastrados e a porta em que eles estão escutando por conexões. Digitem o comando abaixo.

$ rpcinfo -p 10.10.10.10
program vers proto port
100000 2 tcp 111 portmapper
100000 2 udp 111 portmapper
100024 1 udp 32982 status
100024 1 tcp 33430 status

A saída acima representa os serviços registrados, com o número identificador do programa, versão das chamadas RPC utilizadas, protocolo de transporte, porta e nome de aplicação. Podemos realizar consultas diretamente no servidor PortMapper com o rpcinfo.

rpcinfo -t 10.10.10.10 nfs
program nfs version 1 ready and waiting

Bem, é isso aí! Quaisquer informações adicionais, basta verificar a manpage do rpcinfo. Dúvidas são bem vindas, bem como se alguém tiver mais alguma consideração sobre o assunto!

Até mais!🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: