Skip to content
13/05/2007 / Thiago

Palestra da Feira do Empreendedor 2007

Podem se perguntar: o que tem a ver postar algo sobre a Feira do Empreendedor em um blog que contém apenas tópicos relacionados à tecnologia?😛 Oras, desde o princípio eu o denominei como sendo um blog profissional, e, freqüentar palestras sobre esse assunto pode importar não somente a estudantes e aspirantes da Administração, como também à qualquer área, que por sua vez, também precisa de empreendedores.

Enfim, não vim aqui para falar sobre isto! Mas para contar como foi minha experiência ao visitar à Feira do Empreendedor 2007. Fui no evento na sexta-feira, pelo período da noite, e sábado no período da tarde.

Sexta-feira, ao chegar no evento, já me deparei com uma grande concentração de pessoas! Realmente o lugar estava cheio! Não apenas cheio, mas enorme! Simplesmente foi utilizada uma grande (se não toda) estrutura do Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Porém, o que realmente me interessava eram as palestras! Sendo assim, ao chegar já me dirigi às salas onde estavam sendo apresentadas as oficinas e palestras. Resolvi então me aventurar na palestra “Estratégias Competitivas de Tecnologia para MPEs”, ministrada por Antônio Valério Netto, fundador da Cientístas Associados.

Valério iniciou a palestra focando bastante na definição do termo “inovação”. Como ele mesmo define, “inovação” ou “inovar” é a necessidade de sair da “zona de conforto”, ou seja, deixar de estar sossegado com um determinado cargo ou situação para se arriscar em algo diferente, algo “inovador”!

O palestrante perguntou “qual a importância da inovação para uma empresa e como se criar um ambiente que privilegie?”. Inovação vem da necessidade das empresas em possuir um diferencial competitivo, para que esta possa se destacar entre as demais! Porém, para que seja possível inovar, também é necessário possuir um conhecimento prévio sobre o ambiente.

Foi citado sobre o filme “Sociedade dos Poetas Mortos“, pois nele, existem vários exemplos de pessoas que inovaram se arriscando.

Valério nos contou que inovar é algo como “sair da caixa”, ou seja, colocar algo novo mercado! Porém, para inovar com segurança, é necessário que haja uma estratégia e planejamento anterior, tanto que mostrou como exemplos, os casos de Bill Gates da Microsoft e Lula como Presidente do Brasil.

Mas, qual o primeiro passo necesário para ser inovador? A resposta pode estar em quem inova: os concorrentes. Observar outras estratégias é um bom início para quem imagina realizar o planejamento de uma inovação.

Para planejar, é necessário primeiramente que existam limites! Sejam estes limites de tempo em um cronograma ou limites de outros recursos.

Porém, inovação não é só para empreendedores, mas também para funcionários das empresas, pois, é necessário inovar para que se destaque e possa assim, crescer profissionalmente. E quais os primeiros passos para inovar em uma empresa?

Primeiramente, devemos conhecer quem paga nossos salários: os clientes. Devemos saber quem são, como agem e o que querem. Outro fator fundamental, é conhecer os processos internos da empresa necessários para seu funcionamento.

Novamente, Valério fala sobre inovar para empresas, afinal, por que as pequenas empresas precisam inovar? Para se diferenciar dos concorrentes e assim crescer. E quanto as grandes empresas? Elas também precisam inovar, exatamente para continuar a serem grandes e se manterem no mercado.

Além de possuir um planejamento para inovar, é necessário à nós, saber “vender o peixe”. Devemos inovar e saber divulgar a novidade para quem pretendemos.

Uma frase muito bem dita foi “Colocar a pessoa certa no lugar certo e na hora certa.”. Isto é o ideal para que qualquer empresa prospere.

Mas, e como podemos aprender a inovar? Esta pergunta foi feita aos espectadores. Para inovar, precisamos querer inovar! Precisamos também ter a coragem necessária para poder arriscar, pois não há inovação sem risco. Novamente: e para minimizar o risco é necessário o planejamento estratégico.

Infelizmente o tempo foi ficando curto para Valério que teve que correr um pouco mais com sua apresentação. Sendo que ele tocou em um ponto importante: o que é o elemento mais importante em uma organização para que esta seja inovadora? A inovação é realizada por pessoas. E estas pessoas precisam estar motivadas a isto, e como podemos motivá-las? É necessário traçarmos o perfil destas, pois, do contrário, corremos o risco de presenteá-las com algo que não lhes interessa tanto. Para isto, o palestrante deu o exemplo do décimo terceiro salário, afinal, ninguém trabalha mais porque irá receber o décimo terceiro salário, pois esta motivação se tornou apenas um “movimento”, ou seja, um estímulo que não funciona mais.

Gostei muito como foi abordado o tema e como o próprio Valério desejou, houve poucas pessoas que saíram durante sua apresentação, ou seja, ele conseguiu manter a atenção de públicos bem diferentes.

Para quem se interessar em obter maiores informações sobre a empresa que Valério fundou ou mesmo o conjunto de slides que foram utilizados em sua apresentação, basta enviar uma mensagem para o endereço abaixo.

contato ARROBA cientistasassociados PONTO com PONTO br

E eu vou ficando por aqui! Depois posto apenas o que achei do dia de hoje da feira.

Até mais!🙂

One Comment

Deixe um comentário
  1. daniele / maio 5 2009 17:18

    bom, vai ter uma feira do empreendedor na minha faculdade,s[o que teremos que criar algo e nao consegui nenhu ideia ate agora ,ser[a que poderia me ajuda

    grata DANIELE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: